Ir para o conteúdo

Indústria Alimentar: FUCHS assegura a produção com segurança total

05.06.2024 - 09:59

A Segurança Alimentar começa na indústria. Raras vezes os consumidores se lembram disso. No dia 7 de junho comemora-se o Dia Mundial da Segurança Alimentar. Nesta data, o foco está nos vários fatores que, em conjunto, asseguram uma alimentação saudável, desde a produção até à conservação e preparação dos alimentos em casa. Nas várias fases, os perigos biológicos, químicos e físicos estão sempre presentes, o que significa uma enorme responsabilidade para os fabricantes.

Como aperfeiçoar o controlo na produção? Como minimizar o erro humano? “Um fator fundamental para a Segurança Alimentar na fábrica, é poder produzir sem interrupções. Cada paragem, cada intervenção aumenta o perigo”, informa Carlos Braga, Diretor Técnico da FUCHS Portugal, e acrescenta: “Por isso, a FUCHS disponibiliza Lubrificantes e Desengordurantes de Qualidade Alimentar que mantêm o equipamento e as instalações em funcionamento, protegem as máquinas e prolongam a sua vida. E quando, mesmo assim, uma linha parar, os nossos clientes podem contar com os SAT – os Serviços de Assistência Técnica da FUCHS. Temos uma equipa dedicada que antecipa possíveis problemas e resolve todas as situações que possam surgir.”

CASSIDA, RENISO, SUPERLA e RIVOLTA são as gamas de lubrificantes da FUCHS que apresentam Qualidade Alimentar. Todos os produtos destas gamas asseguram a qualidade, a segurança e a eficiência em todas as etapas do processo de produção até ao engarrafamento e embalamento, tanto de alimentos como de bebidas ou de rações de animais. “Os nossos produtos são de alta performance e otimizam os processos de produção. Naturalmente, possuem todas as certificações necessárias para assegurarem a mencionada Segurança Alimentar”, diz o Diretor Técnico da FUCHS Portugal

Para garantir bebidas e alimentos seguros, o rigor tem vindo a aumentar com as certificações BRCGS e IFS na indústria alimentar. Por isso mesmo, a sua implementação está a ser alargada a toda a cadeia de fornecimento. A FUCHS, para além de ter homologado os seus lubrificantes de forma a cumprirem esses requisitos, também os produz segundo a norma ISO 21469, a única forma de garantir que também a produção cumpre os elevados preceitos da Segurança Alimentar.

“Os lubrificantes de qualidade alimentar do futuro têm de ter base sintética. Só desta forma conseguimos evitar substâncias críticas como os hidrocarbonetos aromáticos (MOAH) e os hidrocarbonetos saturados (MOSH). A nossa gama CASSIDA já antecipa o futuro. Está completamente isenta dessas substâncias”, sublinha Carlos Braga.

 

A FUCHS realiza auditorias LCCP

Será que a sua produção está em linha com os requisitos HACCP? Quanto à lubrificação, a FUCHS consegue dar uma resposta.

Para isso, realiza auditorias LCCP que avaliam a Segurança Alimentar da produção em relação à lubrificação. O objetivo destas auditorias é garantir que as empresas estão em linha com os requisitos HACCP. Aqui consideram-se os fatores de otimização da lubrificação, aumento da Segurança Alimentar, avaliação do armazenamento e da manipulação de lubrificantes. É também realizada a verificação de todos os sistemas e métodos de lubrificação para uma revisão das práticas implementadas.

Contacto Telefónico
+351 229 479 360
Horário comercial:

Seg. - Sex.:

9h00 - 13h00 | 14h00 - 18h00